Skip to main content
search
Saúde Capilar – O papel da reabilitação

Todos os dias, o nosso corpo sofre agressões externas e o couro cabeludo não é excepção! Saiba o que pode fazer para cuidar da sua saúde capilar.

O couro cabeludo é um constituinte da nossa pele composto por, aproximadamente, 100 a 150 mil folículos. É uma estrutura que respeita um ciclo de renovação, com a queda de 70 a 100 fios por dia que darão lugar a novos pêlos, sendo que esta queda capilar se intensifica no Outono.

Decorrente da necessidade de estudar os cabelos, pêlos e problemas relacionados com as disfunções do couro cabeludo, surgiu a Tricologia. Do grego thricos (cabelos) + logos (estudo), a tricologia é um ramo da ciência cujos conhecimentos permitem reabilitar a maioria dos problemas nestas estruturas do sistema tegumentar, contribuindo para uma melhor qualidade de vida do indivíduo.

O Papel da Fisioterapia Dermatofuncional

Cada disfunção do couro cabeludo requer acções específicas por parte do/a Fisioterapeuta, portanto um dos primeiros passos é a avaliação e consequente diagnóstico diferencial.

Desta forma, e recorrendo a conhecimentos específicos na área de Tricologia, é possível prescrever os tratamentos adequados às necessidades apresentadas.

Os tratamentos conjugam técnicas e equipamentos que visam:

  • Estimular o crescimento do cabelo;
  • Atenuar a queda capilar;
  • Reabilitar os folículos pilosos que estão sem cabelo (se forem verificadas condições para tal, de acordo com a Tricoscopia);
  • Potenciar a saúde do couro cabeludo e melhorar a autoestima e confiança do paciente.

De entre as diversas técnicas e equipamentos disponíveis para reabilitar esta problemática, abordaremos os mais específicos, rápidos e eficazes a gerar resultados (ou melhorias significativas):

Radiofrequência Capilar

Promove a irrigação do couro cabeludo através de ondas de calor moderado. Esta acção estimula o bulbo capilar e, consequentemente, o crescimento dos fios;

Microagulhamento Capilar

Faz uma bioestimulação do couro cabeludo através de múltiplas pequenas perfurações no tecido, melhora a oxigenação e nutrição dos fios, reduz a queda capilar, estimula a densidade dos cabelos, auxilia na regeneração do couro cabeludo e na recuperação de uma espessura saudável dos fios;

Mesoterapia

Consiste na aplicação de microinjecções, com substâncias activas específicas para atingir o resultado esperado.

É indicada para o tratamento da dermatite seborreica, conter o excesso de oleosidade no couro cabeludo, aumentar a densidade capilar, restaurar cabelos danificados por agentes químicos e/ou externos (sol, piscina, mar, etc.), tratar as diferentes causas da queda de cabelo, contenção da alopecia areata e do eflúvio telógeno, prevenção e regressão da alopecia androgenética;

Alta Frequência Capilar

Tem como principais benefícios fortalecer o folículo piloso, reconstruir a cutícula capilar, evitar a queda e combater o dano provocado por excesso de produtos químicos, luminosidade e densidade capilar.

Consiste na geração de uma corrente eléctrica alternada de alta frequência, aplicada através de eléctrodos e que, ao entrar em contacto com o local do tratamento, produz imediatamente um campo electromagnético e ozono.

A crescente importância da fisioterapia na reabilitação do couro cabeludo tem vindo a expandir as opções de tratamento. No entanto, é sempre indispensável realizar uma consulta de avaliação para ter um diagnóstico e um plano de tratamentos que vá de encontro às reais necessidades de cada indivíduo. Para agendar a sua consulta, clique aqui.

Artigos Relacionados
  • Com o início do Verão e a maior exposição solar é essencial cuidar da pele para conseguir obter um bronzeado uniforme e duradouro. A Nutrição desempenha um papel fundamental...
  • Maio é o mês do coração, e, é importante relembrar que a prevenção das doenças Cardiovasculares é essencial. Em Portugal, morrem anualmente cerca de 35 mil portugueses por doenças...
  • A Organização Mundial de Saúde define o termo “saúde” como um estado de completo bem-estar físico, mental e social. Actualmente as principais causas de morte a nível mundial são patologias cuja origem está, frequentemente, associada a factores alimentares e...